Em novembro de 2019, os profissionais da Restauração Capilar no Brasil foram surpreendidos com um conteúdo nada agradável: informações inverídicas sobre as técnicas da especialidade foram publicadas em um artigo equivocado e muito nocivo à verdadeira Restauração Capilar na Revista Caras.

A publicação desagradou os profissionais da área e os sócios da ABCRC, que trabalham com tanto afinco para bem informar e atender seus pacientes; naturalmente, as informações errôneas chegariam a todos, causando repercussão, e foram muitas as reclamações recebidas pela Associação.

Após este episódio, o presidente da ABCRC, Dr. Carlos Eduardo Guimarães Leão, se reuniu com a Diretoria Científica da entidade e, juntos, prepararam um novo artigo, levando luz aos fatos. Foi feito um contato direto com o editor da revista, explicando a necessidade de se corrigir o que fora publicado; um novo conteúdo era agora disponibilizado, explicando com assertividade as técnicas utilizadas para a restauração capilar para o tratamento de calvície, falhas de barba e sobrancelha.

O novo conteúdo foi publicado pela Revista Caras esta semana – confira: https://www.revistarias.com/nossas-editoras/caras/caras/edicao-1368/?fbclid=IwAR1i19A-8k1pab0nMb6cONK3U1A6Fk209PMi_mtABfl2UQ1DdMi8OzjcIWs#p=34.

Este, sim, é um texto que não só pode, como deve ser divulgado aos pacientes! Trata-se de uma vitória de nossa ABCRC, que conseguiu, com diplomacia e competência técnica, informar ao veículo o que deveria ser corrigido, ganhando, assim, um espaço à altura para essa função.

Vamos espalhar a notícia, que defende a necessidade de se ouvir a orientação de profissionais da área antes de fazer procedimentos!