A Associação Brasileira de Cirurgia de Restauração Capilar (ABCRC) vem a público esclarecer que a cirurgia da calvície e outros procedimentos cirúrgicos que visam a restauração capilar em segmentos corporais distintos como barba, bigode, sobrancelha e cicatrizes que necessitam de transplante de cabelo para o seu reparo, são realizados oficialmente por cirurgiões plásticos e dermatologistas com treinamento cirúrgico, portadores de Título de Especialista outorgados pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP) e Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) reconhecidas pela Associação Médica Brasileira (AMB) e Conselho Federal de Medicina (CFM).

Alertamos para o fato de que profissionais de outras especialidades médicas, cirúrgicas ou não, portanto sem o devido treinamento para o exercício do Transplante Capilar, anunciam-se como Cirurgiões Capilares contribuindo para o risco de maus resultados, de sequelas irreversíveis e outros possíveis prejuízos à saúde desnecessários aos pacientes.

Cursos de “fim de semana” e eventos isolados sobre “Transplante Capilar sem cortes e sem cicatrizes”, proliferam-se e estão sendo oferecidos aos Biomédicos, Farmacêuticos e Enfermeiros numa afronta aos ditames éticos e constitucionais que asseguram aos médicos os procedimentos médicos, ignorando a lei e principalmente a cautela à saúde.

A ABCRC, na sua missão maior de zelar pelos cuidados e interesses dos pacientes necessitados de restauração capilar, mostra o seu total repúdio a tais atitudes e informa que denunciará os abusos aos órgãos competentes para assegurar os interesses e direitos da sociedade, bem como para proteger o interesse da classe médica.

A ABCRC orienta o grande público a certificar-se de que o médico escolhido pertença aos quadros associativos da ABCRC (www.abcrc.com.br), Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica(SBCP) (www.cirurgiaplastica.org.br), Sociedade Brasileira de Dermatologia(SBD) (www.sbd.org.br).


logos-nota-esclarecimento-a-populacao