Para alguns homens, a barba falhada é vista como um grande problema estético e de autoestima. Muitos sonham com um rosto mais cheio, que lhes passe mais confiança. Porém, antes de realizar qualquer procedimento no local, é necessário procurar um profissional habilitado e entender a fundo o real motivo do problema.

As falhas, por exemplo, podem ser causadas devido à genética do paciente ou alguma doença dermatológica. Nos casos patológicos, tratamentos somados a medicamentos podem ajudar na correção. Mas se a origem for genética, a melhor opção é o transplante. A alternativa também se encaixa para homens que não possuem barba ou que desejam esconder cicatrizes aparentes e que incomodam na região facial.

O transplante ou implante de barba é geralmente realizado com a técnica FUE – a área doadora pode ser a própria barba. Extraem-se fios da região do pescoço e das maças do rosto para transplantá-los nas falhas ou regiões que precisam ser preenchidas. Em alguns casos, o transplante pode ser feito retirando-se fios do couro cabeludo, tanto com a técnica FUE quanto com a FUT.

O procedimento é realizado sob anestesia local e leve sedação. Para de fato identificar um resultado satisfatório, é preciso aguarde de cinco a seis meses.

A ABCRC reúne profissionais especializados e licenciados na área. Seus dermatologistas e cirurgiões plásticos possuem o título de especialista e são aptos a trabalhar com a restauração capilar. No topo da página do site da ABCRC, é possível encontrar profissionais devidamente capacitados em todo o Brasil.

Quer resolver seu problema de barba? Pesquise seu médico! Busque por um profissional em nosso site e garanta segurança e tranquilidade em seu procedimento.